GEIPAN TEM NOVO DIRECTOR DE OPERAÇÕES

NO ESTUDO DE FENÓMENOS AEROESPACIAIS EM FRANÇA

Este mês de Novembro, surgiu a mudança nos destinos do GEIPAN – Grupo de Estudo e Informação sobre Fenómenos Aeroespaciais Não Identificados, de Toulouse, conforme comunicado anunciado este mês no site da instituição.

Roger Bardacchino deu lugar a Vincent Costes, formado na Ecole Supérieure d’Optique – Paris (Escola Superior de Ótica), nascido em 1971, que há 27 anos esteve a trabalhar para o CNES – Centro Nacional de Estudos Espaciais-. Com elevada formação técnica e passando em programas de observação da Terra em desenvolvimentos científicos e tecnológicos, o engenheiro ótico teve grandes projectos envolvendo os de alta resolução como HELIOS2 e PLEIADES. No seu curriculum vitae possui referência como director de sistemas aplicado no telescópio COROT, sob a gestão do CNES em conjunto com vários laboratórios franceses.

Roger Baldacchino permanece no GEIPAN até dezembro deste ano, colaborando assim na nova tomada de posse naquele organismo.

Recorde-se que os gestores GEIPAN são escolhidos de acordo com as candidaturas internas do CNES.

CONHECER O GEIPAN

A missão do GEIPAN (Grupo de Estudo e Informação sobre Fenómenos Aeroespaciais Não Identificados), é de prestar um serviço operacional baseado em investigações vinculadas às observações relatadas.

O processo de análise do GEIPAN é o seguinte:

– Recolha de depoimentos: recolher as observações de testemunhas em território francês e garantir a veracidade em cada caso;

– Análise de depoimentos: buscar uma explicação para essas observações por fenómenos conhecidos, contando com uma rede de investigadores, especialistas (se necessário) e responder a testemunhas;

– Anonimização e arquivamento de depoimentos: estabelecer um arquivo o mais completo e preciso possível para permitir um possível estudo posterior do fenômeno observado por equipes científicas fora do CNES;

– Informação ao público: informar ao público através do site os casos de observação processados e as conclusões do GEIPAN. Responda às solicitações da mídia.

O GEIPAN também tem a missão de apoiar a exploração científica de observações e, de assim, promover o avanço do conhecimento dos fenómenos associados com contando com a comunidade científica, que pode se beneficiar com suas próprias questões de conhecimento.

GEIPAN não é especialista no fenómeno no mundo, ou uma organização de pesquisa, em vida extraterrestre ou em tecnologias avançadas ou futurísticas que podem explicar visitas por extraterrestres. Não é assim; não está nas suas prerrogativas nem nas suas competências, de acordo com as missões do CNES que não é organismo de investigação.

Conta também com um colégio de especialistas multidisciplinares e científicos, que examinam os casos de observação mais complexos que lhes são submetidos. Eles trazem um verdadeiro respaldo científico para a análise dos casos.

Os recursos orçamentários do GEIPAN são oriundos do serviço público recebido globalmente pelo CNES, para o desenvolvimento de suas atividades.

Para mais informações consulte: cnes-geipan.fr

Vicent Costes – O novo Director do GEIPAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *