ACERVO HISTÓRICO E ATUAL BREVEMENTE EM CONSULTA DIGITAL

Preservar a história dos NÃO IDENTIFICADOS em Portugal, é uma tarefa que não tem precedentes e será muito em breve uma realidade!

Fazer a consulta dados online de arquivos relativamente às ocorrências nacionais, actividades de grupos e associações, fotografias e vídeos sobre o tema, informação jornalística diária e histórica e demais artigos e formatos de publicações, tudo está a ser recompilado para tornar o acesso a todos Membros do CIFA. Será através de uma rede de dados interna que vamos disponibilizar em tempo real e de grosso modo, o acesso a toda informação nacional. Embora não sendo o foco prioritário de momento, o âmbito internacional também não será descurado, com milhares de páginas com várias procedências a nível informativo.

A aposta fulcral neste modelo de trabalho e visando ampliar em tempo útil o necessária acesso ao digital (formato PDF), vai permitir a todos investigadores filiados na entidade, uma conduta de trabalho mais fundamentada e exigente na sincronização de dados existentes e que, até aos dias de hoje, não era acessível aos demais integrantes do projecto.

Constituir um alicerce de trabalho sustentado com informação credível a nível de fontes de informação, vai ampliar o nível de qualidade interno de investigação tornando assim os resultados exigentes e qualitativos. Esta iniciativa pioneira é possível devido aos demais colegas de investigação de outrora que, por razões pessoais ou de saúde, não desejam perder toda a sua entrega icónica num passado não muito distante. A acessibilidade da informação a todos desta geração actual de investigadores é baseada no programa lançado no passado ano intitulado “Projecto CIFA – Recuperação de Património Informativo Nacional 2020/2021”.

Com a promessa de credibilidade elevada na intervenção e estudo destas fenomenologias, acreditamos na coerência dos factos tendo como base a Ciência na sua melhor desmitificação.

CIFA, muito em breve, estará mais perto de ti onde quer que estejas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *